Na noite do dia 10 de janeiro de 2016, dois dias após o seu sexagésimo nono aniversário e do lançamento do álbum ‘Blackstar’, Bowie morreu em seu apartamento em Nova York.

O músico havia sido diagnosticado com câncer no fígado 18 meses antes de sua morte, mas achou melhor manter essa notícia longe de seus fãs e também da imprensa.

A notícia surpreendeu o mundo, já que Bowie havia lançado no dia de seu aniversário o álbum ‘Blackstar'(compre aqui o CD ou o disco de vinil na Amazon), o vigésimo quinto e último álbum de estúdio do cantor britânico, um trabalho incrível que o co-produtor Tony Visconti descreveu como um “canto do cisne” planejado de Bowie e um “presente de despedida” para seus fãs antes de sua morte. O álbum permaneceu na posição de número um nas paradas britânicas por três semanas.

David Bowie – Vídeo clipe de Blackstar

Nas últimas décadas, David Bowie trocou Londres para viver em Nova York, e como Lou Reed, teve uma vida normal como um morador da cidade, fazendo compras em livrarias e andando pelas ruas. Um dos apartamentos onde morou por 10 anos, que era localizado em frente ao Central Park, foi recentemente vendido por 6,5 milhões de dólares, valor que incluiu um piano Yamaha de propriedade de Bowie.

Ele disse a um amigo que um truque engenhoso o tornou invisível em Manhattan: ele carregava um jornal em língua grega, com o objetivo de convencer qualquer curioso que fosse um grego que por acaso se parecia com David Bowie.

Apartamento de Bowie em NY – Foto: Architectural Digest

Mesmo nesses últimos anos de vida em NY, não aparecendo muito publicamente, Bowie continuou acompanhando todas as tendências e novidades da cidade.

Ele acompanhava Iman aos eventos da sociedade, tornando-se uma presença alegre, elegantemente vestida, mas que quase não aparecia nos noticiários. Ele também apareceu na estreia de 2009 do filme de ficção científica de Duncan Jones, “Moon”, orgulhosamente ao lado de seu filho para fotos.

Quando estava com sua família em seu apartamento, criava também sua própria arte visual: pintando ou desenhando com carvão.

“Child in Berlin” – 1977 e “Auto Retrato” – 1996 – Imagens: Very Private Gallery

Envelhecer é um processo extraordinário em que você se torna a pessoa que você sempre deveria ter sido.

David Bowie
David Bowie – Oh, You Pretty Things. Gravado para a BBC, em 1972

Homenagem

No dia 8 de janeiro de 2021, uma grande live em homenagem ao músico acontecerá. Chamada de “Bowie Celebration: Just For One Day”, a homenagem vai trazer grandes nomes da música como Duran Duran, Trent Reznor, Billy Corgan, Peter Frampton, David Sanborn, Rick Wakeman, Adam Lambert, entre muitos outros.

Além disso, 2 novos covers serão lançados também na data de aniversário do músico: o primeira é a versão de Bowie de “Mother”, a faixa de 1970 de John Lennon e a segunda faixa é um cover de “Tryin’ to Get to Heaven“ de Bob Dylan, tirado de seu álbum Time Out of Mind, vencedor do Grammy de 1997.

Imagem do vídeo clipe de Blackstar
Créditos:
Revista Rolling Stone: link da matéria